meus20epoucosanos

meus20epoucosanos
Otv. Aline

domingo, 23 de junho de 2019

Pára de me boicotar sua estúpida (18-06-19)

   Hoje fui pega de surpresa, novamente, depois de tantos meses. Não tem definição, essa filha da p... da angústia chegou como uma voadora no peito. Pergunta se alguém entende? Mostra-me se existir.
Sentada ao chão, abraçada com um urso de pelúcia e um crucifixo entre os dedos. Alguém aí fala minha língua? Porque no momento, quero apenas ouvir qualquer coisa, quero me sentir apenas acolhida, receber um abraço enquanto as lágrimas secam em seu ombro.
Agora você pode ficar aqui, em silêncio, no escuro desse vazio que vivencio. Não julga, não diga nada positivo, apenas empresta o colo, faça por querer me ver bem, por compreender a situação e quando nem mesmo a própria autora entende.
   São 28 anos... vinte e oito anos tomando atitudes que não cabiam a mim; XXVIII anos andando por uma ponte pênsil, suspensa sob a escuridão, onde somente o instinto é a fresta de luz, minha "razão", a qual creio, pois nessa matéria de vida, onde certamente teria "que se viver", não passei de nível tão facilmente, seria um analfabetismo gerado pela falta de docentes capacitados pela ausência ou demonstração de afeto. 
   Mas baseado nesta sociedade líquida e cada vez mais fria, seria totalmente aceitável, não é mesmo?
   A maioria das respostas, imagino que seriam afirmativas, mas em minha opinião, seria NÃO, jamais entenderei a falta de compaixão com o próximo... com a própria família. Tal armadura imposta sobre uma criança com 5 anos de idade entenderia e entende após anos, que é a única defesa que "imagina" ser a melhor saída.
   As lágrimas continuam caindo, cada gotinha como se fosse ácido, a criança/adulta não sente absolutamente nada, a sensação que muito denominam dor, nesse caso é prazeroso.
   Aprendi a gostar da solitude, mas quando a megera da solidão me cerca... ah, essa sim gostaria de exterminá-la de uma vez por todas.

   Recadinho para solidão: " Deixe-me viver bem, com altos e baixos, claro... mas pára de freiar meus momentos especiais, alegre que todos tem direito, pára de me boicotar sua estúpida. "

By: Otv. Aline




quarta-feira, 24 de abril de 2019

Sem você...

Nada existe, tudo consiste em apenas um vazio
Não há começo, nem fim, só o meio sem mim
Não há sol, nem calor, há somente uma dor;
Com a ausência aprendi, que nem eu mesma vivi
Sem amor, sem ternura, acho que foi mesmo uma aventura;
De que adianta te amar, se nem mesmo posso lhe tocar?
Não posso te esperar, pois sei que não vai chegar;
Não há luz, nem cor, há somente o meu rancor;
Sem você...
Não tem graça, nem sorriso, só um olhar indeciso.
Será que um dia me amou? Ou apenas me enganou?
Sem você, tudo se foi, tudo se perdeu e nada restou!

Escrito em 04/10/2006
Por: Otv.Aline

segunda-feira, 22 de abril de 2019

@otv.aline


Tempos modernos


Sempre esperamos algo de um encontro, uma conversa interessante, uma boa bebida, um olhar misterioso.
O novo é gostoso, é algo curioso e nos dá vontade de seguir em frente, desafiar nosso instinto.
A mesmice virou rotina, homens em uma mesa de bar, rodeados de whisky e um copo com gelo, risadas altas e olhares canibais em cima das mulheres. Antigos princípios já não existem na noite, muito menos no dia. 
Muitos não se atraem por valores, nem por histórias verdadeiras, basta um vestido curto e um cabelo liso que eles já se entregam sem se envolver, apenas para curtir o momento, futuro? Que futuro eles pensam ao ver diante de um belo par de peitos e pernas torneadas? Basta o pacote, o conteúdo geralmente não importa.

Por: Otv. Aline



quarta-feira, 17 de abril de 2019

O inescrupuloso predador social.

Mais um relacionamento fracassado? Não, não meu bem... Mais que isso... sim, pois fracasso e decepção fazem parte da vida, de algumas amizades, profissões, enfim, a gente se levanta e bola pra frente, certo? Mas esse namoro, essa relação foi uma exceção em meu mundinho, um namoro "recí-pla-ma-do", nunca ouviu dizer? Nem eu, o nomeei assim. Olha só que especial, tem até nome e, claro, significado também: relação onde mutuamente "são": recíproco, platônico, manipulador e doentio. Jamais imaginei algo existente assim, o máximo que ouvi foi um ex dizer que sou complicada e imatura, isso há uns três anos atrás, por aí, mas... vem cá, diga baixinho; nunca se envolveu com uma pessoa complicada ou imatura (em sua concepção?) 
Hum, por que disse "em sua concepção?" Porque meu bem, atira o primeiro tijolo quem aqui nesse planeta Terra é perfeito? 
O que há, na real, são personalidades, temperamentos e comportamentos distintos uns dos outros: ÓBVIO, porém, contudo, entretanto, o que difere um humano do outro é ? 
É não, SÃO: a vontade, o respeito, os sentimentos e a disposição de se envolver com determinada pessoa do sexo oposto.

Ok até aqui...

Agora, é totalmente inusitado você entregar: tempo, amor, tesão, companhia, presença, carinho, ouvidos, cama, chaves, blá blá blá... Sabe aquela bela frase: "Cada um colhe o que planta?" Haaaaa, comigo não foi bem assim, mas isso já se percebe, não é mesmo? A tal da reciprocidade existiu somente no mundo fantástico de Bobby, porque no meu não foi... agora o tal platônico; sim, esse me pegou bonitinho... Enquanto o manipulador e doentio eu deixo todinho para ele, afinal, placar empatado. Há três anos atrás iria sim em busca de "revenge" haha, toda desiludida, com meu rímel borrado pelas lágrimas e gritando, por que eu, por que comigo, por quê? 

Justiça? Meu bem, hoje mais do que nunca acredito em um ser superior a todos nós, e dEle virá, seja de qualquer forma, não me interessa. O que sei é, para possuir respeito e caráter não existe faculdade... ou você tem ou não tem. 

Se diz ser heterossexual, assumido e leu tudo até aqui, saiba que, baseado em "pesquisas dos seus próprios pais, familiares, professores ou suas experiências de vida, apontam": deve-se o respeito a qualquer... absolutamente qualquer mulher que cruzar seu caminho, jamais toma atitude de agressor, a partir do momento em que erguer a mão, perde-se totalmente sua razão. E tenha certeza que muitos seres que nascem "homens e que são héteros", não se honram de maneira alguma.
Não queira ser comparado com os seus mamilos, por exemplo, apesar deles existirem, eles não servem para nada, nadinha meu bem.


Por: Otv. Aline

Ligue 180 - Central de atendimento à mulher em situação de violência.
Lei Maria da Penha - Procure a Delegacia da Mulher e denuncie.