Blogger

Blogger
Morena - Autora

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Sam Smith - I'm Not The Only One





Eu não sou o único



Você e eu fizemos um voto
Na alegria e na tristeza
Eu não posso acreditar que você me decepcionou
Mas a prova está no jeito como isso dói


Durante meses a fio eu tive minhas dúvidas
Negando toda lágrima
Eu queria que isso tivesse acabado
Mas eu sei que ainda preciso de você aqui


Você diz que eu sou louco
Pois não tem ideia de que eu sei o que você fez
Mas quando você me chama de 'amor'
Eu sei que não sou o único


Você tem estado tão indisponível
Agora, infelizmente, eu sei porquê
Seu coração é inalcançável
Mesmo assim, o Senhor sabe que você possui o meu


Você diz que eu sou louco
Pois não tem ideia de que eu sei o que você fez
Mas quando você me chama de 'amor'
Eu sei que não sou o único


Eu tenho te amado por muitos anos
Talvez eu não seja suficiente
Você me fez perceber o meu maior medo
Mentindo e nos destruindo


Você diz que eu sou louco
Pois não tem ideia de que eu sei o que você fez
Mas quando você me chama de 'amor'
Eu sei que não sou o único


Você diz que eu sou louco
Pois não tem ideia de que eu sei o que você fez
Mas quando você me chama de 'amor'
Eu sei que não sou o único
Eu sei que não sou o único
Eu sei que não sou o único
E eu sei
Eu sei que não sou o único

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Coração de inverno

Sabe aquela noite escura e fria, onde não há ninguém para te ouvir, para conversar... o pensamento toma conta, acelera o peito e invade a razão, te deixa boba, sentimental e carente. Você perde as contas de quantas vezes sua respiração oscila em menos de um minuto, o barulho do relógio de parede te incomoda, o jeito é pegar o edredom e cobrir a cabeça, como se fosse uma solução, repentina talvez, mas a única que encontrou naquele momento em que o passado veio como um tsunami e te deixou sem estrutura alguma, sem suportar o barulho do próprio silêncio. Descrever os momentos não é nada fácil, sentimentos de nostalgia, encharcados por lembranças, sejam elas boas ou ruins, o futuro não tem chance, acaba sofrendo pelas dores do passado. A carência é horrível, é um vazio que ao mesmo tempo que quer um abraço, quer também ficar sozinho. Às vezes até pensa na possibilidade de ser ou estar louco, mas não, não está sozinho nessa, é mais normal do que possa imaginar. É ruim ficar toda noite sozinho, ouvindo simplesmente o "nada" e ao mesmo tempo ouvindo gritos que vem de dentro, que pede por socorro, mas que muitas vezes são sufocados pela razão. A vida te decepciona a medida que surpreende, são inúmeras histórias de amor, de sofrimento, histórias de grandes experiências e traumas também, enquanto isso, os finais felizes ficam cada vez mais distantes, enterrados por essa atualidade que não passa de cantadas virtuais, sexo casual, satisfação do ego e traição com o próprio eu. Se há a capacidade de ocultar o amor próprio, por que não fingir reciprocidade pelo próximo? E com isso, viva a ilusão e a desconfiança, que toma conta cada vez mais os corações dos mortais que acreditam em um amor verdadeiro.
Escrito e publicado por Morena

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Um brinde as mulheres diretas

Ela entra sem bater portas e vai direto ao ponto: ou isso ou aquilo. Numa prova de múltipla escolha com ela você não teria opção nenhuma, teria que rebolar um pouco pra dar à ela uma boa justificativa, na lata. Enquanto você fica em cima do muro, ela dispensa os meio-termos: tem pavor de gente indecisa, de se esconder atrás de motivos, de venerar os rodeios. Se você é labirinto, ela não brinca. Aprendeu que não vale a pena bancar Teseu e muito menos o Minotauro. Esses personagens ela deixa pra mitologia grega e eles não cabem nas histórias que ela quer contar.
Ela caminha na sua direção e você sabe que é ela porque treme. Treme mesmo que ela esteja de tênis de corrida ou salto agulha, tremeria mesmo se ela estivesse descalça. Você sente peso e ela se sente leve. Sente que tirou um peso grande das costas ou, se ainda não tirou, vai tirar em breve. A grande vantagem de ser direta é essa: não perder tempo com o que poderia ser. Ou é, ou não é. Não tem 8 ou 80, e ela também não aceita um 40.
Tem quem diga que a vida não é bem, preto no preto e branco no branco, mas quem disse que você precisa definir as coisas assim? Ela é a prova viva de que você pode colorir o mundo do jeito que quiser, com um balde de tinta ou giz de cera, desde que saiba como quer pintá-lo. E se depender de outra pessoa pro mundo dela ter cor, ela se adianta e tira a prova dos nove sem deixar que alguém faça malabarismo com a vida dela. Porque uma hora cai, ela diz, e só quem pode equilibrar a vida sou eu.
Se ela gosta, ela liga no dia seguinte. Se ela gosta mais ainda, ela vai pra cama e ai dele (ou de você) se acharem alguma coisa sobre ela. Se a cantarem e ela não quiser, é não na cara e sai fora, amigo, porque você tá me incomodando. E você vai perceber se ela gostar de você porque ela vai dizer com todas as letras que te quer – e que não quer também. Há quem goste e quem não goste disso. Particularmente eu acho incrível a forma como ela lida com as vontades e se põe em primeiro lugar. Mas quem sou eu pra achar alguma coisa se ela sabe que a dona do mundo dela é… ela.
Uma vez perguntaram à ela o porquê da pressa e ela disse que não é pressa, é que a gente se acostumou muito a dar voltas e mais voltas quando tudo o que a gente quer sempre esteve ali na frente. E depois que aprendeu isso, deixou de se importar com o que pensariam ou com o que ela mesma julgaria errado. O importante era não perder tempo pra ser um pouco mais feliz. E então ela foi. Foi em linha reta e dizem por aí que ela tem sido muito mais feliz do que antes era, quando ainda colocava os outros, a culpa e um monte de obstáculos à frente dela.
Escrito por Daniel Bovolento

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Coisa de mulher

Eu recebo muitas mensagens de homens dizendo:
“Mulher só pensa em roupa, dinheiro e no cara perfeito”.
Então, eu respondo:
“E homem só pensa em carro, bunda e peito”.
Que homens e mulheres pensam diferentes
isso é evidente.
O que eu não consigo entender
é por que a forma do homem pensar é idolatrada
e a da mulher julgada?
Por que o homem pode tudo
e a mulher nada?
Ser mulher neste mundo deve ser foda.
Eu nem estou dizendo isso porque a sociedade exige todos os dias
que você esteja sempre cheirosa, linda e gostosa.
Nem porque você tem que ir trabalhar de tpm, sangrar 5 dias,
pintar as unhas, a raiz,
aplicar Blush e iluminador pra afinar o nariz
e no final do dia,
tem que sorrir pra o colega da mesa ao lado
que não faz metade do seu trabalho
mas ganha o dobro do seu salário.
Ser mulher nesse mundo deve ser foda.
Eu nem estou dizendo isso porque você pode estudar física nuclear,
ganhar o prêmio nobel da paz, falar inglês, alemão e mandarim.
No natal, se você chegar na festa sozinha,
a sua vó do interior sempre vai olhar com cara feia e perguntar:
“Minha filha, e o namorado? Não vai arrumar?”.
Nem porque o seu pai repete todos os dias:
“Mulher tem que se dá o respeito.
Não pode voltar tarde nem sair de mini-saia ou sozinha.”
Ser mulher nesse mundo deve ser foda.
Eu nem estou dizendo isso
porque o seu namorado não cansa de dizer:
“Mulher não pode beber”.
E quando você pergunta o por que,
ele tem a coragem de responder:
“Porque mulher bêbada não sabe se comportar
e isso é vulgar”.
O mesmo namorado que todos os dias
olha para a bunda de alguma menina e diz:
“Que delícia”.
O babaca machista
sempre vai ser o disfarçado de moralista.
Esse tipo de homem
vai ser assim até o último dia da sua vida.
Enquanto o mundo continuar desse jeito,
sem respeito,
sem entender que nós somos todos os mesmos.
Enquanto o mundo não mudar,
só existe uma coisa que eu e você podemos fazer.
Lutar.
Então, aprenda a se amar em primeiro lugar.
Essas lágrimas no seu rosto são reais
e o que está dentro do seu coração
somente você pode cuidar.
Ser mulher nesse mundo deve ser foda.
E o mais incrível de toda essa história,
é que no final você ainda continua cheirosa, linda e corajosa.
E pronta para sorrir novamente e viver.
Porque essa é a beleza do amor
que ninguém pode tirá-lo de você.
Escrito por Ique

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Maroon 5 - She Will Be Loved





Ela Será Amada

Amor à si Próprio

Viver uma verdadeira experiência amorosa é um dos maiores prazeres da vida. Gostar é sentir com a alma, mas expressar os sentimentos depende das ideias de cada um. Condicionamos o amor às nossas necessidades neuróticas e acabamos com ele. Vivemos uma vida tentando fazer com que os outros se responsabilizem pelas nossas necessidades enquanto nós nos abandonamos irresponsavelmente. Queremos ser amados e não nos amamos, queremos ser compreendidos e não nos compreendemos, queremos o apoio dos outros e damos o nosso a eles. Quando nos abandonamos, queremos achar alguém que venha preencher o buraco que nós cavamos. A insatisfação, o vazio interior se transformam na busca contínua de novos relacionamentos, cujos resultados frustantes se repetirão. Cada um é o único responsável pelas suas próprias necessidades. 

Só quem se ama pode encontrar em sua vida um amor de verdade.


Zíbia Gasparetto


Stone Sour - Zzyzx Rd





Dica: Aumenta o volume e fecha os olhos!

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Simplesmente acontece

Ela imagina seu reencontro com o temível sentimento, aquele que um dia a fez sofrer e derramar lágrimas em cada canto de seu coração. Seria lindo, em plena canção de Ed Sheeram, de preferência com a bela dança em Thinking Out Loud, o toque, olhos nos olhos, total sintonia.
O amor é consequência, pode acontecer em um supermercado, na fila do banco, cerimônia de casamento ou até em um velório, por que não?
Nada é por acaso, se acontece é porque de alguma forma teria de acontecer, e, definitivamente, eu, você, ninguém estará livre desse momento. E, quando vem, vem para arrasar com tudo ao seu redor, interior e exterior, te deixa definitivamente bobo, sem noção, viaja na maionese totalmente, não enxerga mais nem você mesmo, Isso eu senti somente uma vez na vida, por isso digo o quanto é difícil isso me pegar novamente, é gostoso, se jogar na intensidade do momento, nos braços de outro alguém é sensacional, mas, magnífico mesmo é o tempo junto com essa pessoa, dias, meses, anos, isso é uma parte do que define amor, o tempo dedicado a relação a dois.
Somente o tempo dirá...

Morena

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Desejos ocultos

Se entregar a loucura é algo que poucos permitem a si mesmos, mas quem realmente já provou sabe o prazer que é se envolver em sua própria mente e realizar suas mais profundas fantasias, sem preconceitos, sem medo, a bissexualidade é algo fantástico, um beijo triplo com diversas sensações de uma vez só, misturado com o som alto e o álcool  que percorre as veias, já imaginou?
O toque é essencial, a mão que percorre a pele é a mesma que pega seu cabelo e puxa pra perto dos lábios molhados e cobertos de desejos. Tantas vontades e sentimentos ocultos, por que não permitir vivê-los? Seja qualquer vontade ou curiosidade, o tempo não espera sua decisão.
Não há certo ou errado quando se trata do seu eu, é você quem comanda suas ações e reações, portanto, a vida é para ser vivida sem pensar tanto no depois.

Autora Morena "Pimenta"





A voz do silêncio

“Pior do que uma voz que cala, é um silêncio que fala!”
Simples, rápido! E quanta força!
Imediatamente me veio à cabeça situações em que o silêncio me disse verdades terríveis pois, você sabe, o silêncio não é dado a amenidades. Um telefone mudo. Um e-mail que não chega. Um encontro onde nenhum dos dois abre a boca. Silêncios que falam sobre desinteresse, esquecimento, recusas.
Quantas coisas são ditas na quietude, depois de uma discussão. O perdão não vem, nem um beijo, nem uma gargalhada para acabar com o clima de tensão. Só ele permanece imutável, o silêncio, a ante-sala do fim. É mil vezes preferível uma voz que diga coisas que a gente não quer ouvir, pois ao menos as palavras que são ditas indicam uma tentativa de entendimento.
Cordas vocais em funcionamento articulam argumentos, expõem suas queixas, jogam limpo. Já o silêncio arquiteta planos que não são compartilhados. Quando nada é dito, nada fica combinado. Quantas vezes, numa discussão histérica, ouvimos um dos dois gritar: “Diz alguma coisa, mas não fica aí parado me olhando!” É o silêncio de um mandando más notícias para o desespero do outro.
É claro que há muitas situações em que o silêncio é bem-vindo. Para um cara que trabalha com uma britadeira na rua, o silêncio é um bálsamo. Para a professora de uma creche, o silêncio é um presente. Para os seguranças de um show de rock, o silêncio é um sonho. Mesmo no amor, quando a relação é sólida e madura, o silêncio a dois não incomoda, pois é o silêncio da paz.
O único silêncio que perturba é aquele que fala. E fala alto. É quando ninguém bate à nossa porta, não há recados na secretária eletrônica e mesmo assim você entende a mensagem.

Publicado por Morena
Autora Martha Medeiros

Broken wings - Alter Bridge (legendado)






Asas Quebradas

Enfrente a luta sozinho
Quando o mundo está cheio de vítimas
Ofusca uma fraca luz
Em nossas almas
Deixe a paz em paz
Agora nós estamos lentamente mudando
ofusca uma fraca luz
em nossas almas
Na minha opinião ver é saber
Que as coisas que seguramos
São as primeiras a irem embora
E quem vai dizer
Que nós não terminaremos sozinhos

Em asas quebradas estou caindo
E não vai demorar muito
A minha pele está queimando
Pelas chamas do sol
Em joelhos esfolados estou sangrando
E não vai demorar muito
Tenho que achar aquele significado
eu procurarei por muito tempo

Choremos até dormir
Nós dormiremos sozinhos eternamente
Você vai me deitar
No mesmo lugar com tudo que amo
Junte os lares destruídos
Se importe com eles
Eles são nossos irmãos
Salve a luz fraca em nossas almas
Na minha opinião ver é saber
O que você dá
Sempre te conduzirá
E quem vai dizer
Que nós não sobreviveremos também

Em asas quebradas estou caindo
E não vai demorar muito
A minha pele está queimando
Pelas chamas do sol
Em joelhos esfolados estou sangrando
E não vai demorar muito
Tenho que achar aquele significado
eu procurarei por muito tempo

Liberte todos
Acreditando nas vontades deles
Para me fazer o que sou
E o que serei
Liberte todos
Cairá entre as fendas
Com as memórias de tudo que sou
E de tudo que serei

Em asas quebradas estou caindo
E não vai demorar muito
A minha pele está queimando
Pelas chamas do sol
Em joelhos esfolados estou sangrando
E não vai demorar muito
Tenho que achar aquele significado
eu procurarei por muito tempo.



terça-feira, 2 de junho de 2015

Mais um tombinho

Você acredita? Mais uma vez, cai lá do alto da minha expectativa, me machuquei, doeu, aliás, ainda dói, não era minha intenção colecionar mais uma cicatriz, não levanto fácil, só de imaginar todo o processo de desintoxicação a ser percorrido, lágrimas ácidas e arames farpados preenchem o coração. Culpa minha, desde o início sabia que era melhor a solidão, um quarto escuro e só o barulho da televisão, gritos de zumbis (The Walking Dead), um brigadeiro e uma colher disponíveis ao lado da cama, mas, não satisfeita, uma brecha idiota da emoção, foi invadida pelo sexo oposto, sem permissão, entrou, arrasou e destruiu com aquele restinho, aliás, você sabe bem o que é.
Resumidamente, foi assim, sorri por umas três semanas, sem medo algum do futuro, e hoje aqui, com ódio "do" e "no" coração, sinto o gosto do desprezo e, sinceramente, o gosto é bem amargo.

Morena