Blogger

Blogger
Morena - Autora

quinta-feira, 23 de junho de 2016

ATUALIDADE NUA E CRUA

Imagina aquela noite fria, aquele “chuvisquinho” gostoso que molha o vidro da janela, a claridade da TV iluminando o edredon, uma meia de cada par e ele ali comigo, ansiosos pelo início daquele novo episódio de seriado e aquela pipoca com sazon, é isso o bastante, é isso o que basta... é o olhar pedindo um beijo, é o beijo pedindo um abraço, é o abraço pedindo o corpo todo.
Óóó, que vontade de eternizar tal momento, que lindo. Por que não se fazem amores como antigamente, mas bem antigamente mesmo? Onde não existia tecnologia que proporcionasse uma gravação de um término de relacionamento, por exemplo, ou uma data comemorativa sendo comemorada como tal?
Tão difícil entender meus planos? Meus sentimentos? Mas que relacionamento afinal? E que término? É tão nítido assim terminar algo que estava “caminhando”? Caminhando para onde? Caminhando para o meu caminho ou o seu caminho? É tão impossível assim encontrar um amor que queira pegar na mão e voar... voar para bem alto e quando eu cair, me segurar, me ajudar a levantar. Cansa se segurar sempre, meus sonhos se desgastam quando o outro não sonha junto. Eu sonho alto, mas quem é hipócrita de dizer que não? É possível sonhar e manter os pés fincados na realidade, mas meu futuro depende do meu querer, sou polêmica e creio na minha autenticidade como uma mulher que será valorizada, e como dizia Rui Barbosa, “se querer é poder, querer é vencer.”

By: Aline Pereira


Nenhum comentário:

Postar um comentário