Blogger

Blogger
Morena - Autora

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Quando é melhor ser feliz sozinho...

Ando vendo muita gente infeliz com o próprio relacionamento. Muita gente que passa a semana de cara fechada para poder sorrir a dois aos sábados no instagram. É claro que nenhum relacionamento é feito apenas de felicidade infinita, mas um namoro cuja base é o medo de ficar sozinho não pode estar entre as melhores coisas da vida.

Tem muitos homens e mulheres bacanas, interessantes e simpáticos acorrentados a gente egoísta, individualista e sem caráter. Gente que trai, sacaneia e deixa o outro na mão sem nem pensar duas vezes. Os motivos para não largar esse osso vão desde esse terrível medo da solidão, passando pela ideia de que não tem outros peixes no mar e pro fim chegando a conclusão de que alguém assim é o melhor que merecemos.
Nós temos essa concepção de que os outros podem ser bonitos, divertidos e inteligentes, mas a gente não. Que quando alguém se apaixona por nós temos que erguer as mãos para o céu e agradecer a miopia amorosa dessa pessoa que a permitiu se apaixonar por alguém tão desinteressante. E quando a relação começa a desandar, preferimos fechar os olhos porque é altamente improvável que outro trouxa se interesse por nós e já estamos acostumados demais a dormir de conchinha.
Traição a gente varre para debaixo do tapete, falta de companheirismo a gente cobre com as amizades verdadeiras e falta de carinho e afeto a gente disfarça com encontros vazios e sexo. E assim vamos levando a vida e para nossa sorte o tempo anda passando cada vez mais rápido. Antes que a gente se dê conta já se passaram dez anos e já estamos mais do que habituados com o silêncio que impera entre nós, a frieza no dia a dia e as lágrimas de decepção já secaram.
No meio do caminho encontraremos amigos que – correndo o risco de romper com a amizade – vão tentar abrir nossos olhos. Vamos conhecer pessoas que poderiam nos oferecer talvez não um anel de diamantes, mas carinho e amor de verdade. Leremos textos como esse e sentiremos uma leve conexão com nossas próprias vidas, mas talvez temendo a solidão vamos parar de lê-lo no meio e fechar essa janela.
Então antes de você fechar, espera! Só queria te dizer que você é uma pessoa incrível. Você é muito legal, gente fina, divertido, bom filho(a), bom amigo, quem sabe até bom pai/mãe. Você é demais. Eu não sei quem te disse ou te convenceu que você era de menos, mas eu estou des-dizendo: você é maravilhoso e merece viver cercado de pessoas maravilhosas. Talvez o mar não esteja para peixe mesmo e gente solteira e interessante esteja em falta no momento, mas nesse caso, que tal ficar nadando sozinho por um tempo? Nada mais gostoso do que boiar tranquilo, no seu próprio ritmo, olhando para o céu. E te garanto: ser feliz sozinho vale mais que cem mil curtidas em foto de casal insatisfeito no instagram.

Andrea Romão

Nenhum comentário:

Postar um comentário