Blogger

Blogger
Morena - Autora

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Despedida de uma triste memória

Vou indo, até mais, até breve, você precisa disso.
Diz que me deixará partir, tenho meus 20 e poucos e digamos que tenho muito pela frente, mas, cansei de todas as vezes que a tristeza vem à tona, eu sou a única culpada pelas lágrimas que insistem em percorrerem pelo contorno da sua face. Esqueceu? Sou fruto dos seus próprios momentos, bem ou mal, estarei até o fim com você. Me perdoa por ser melancólica e dolorida para você, não gostaria de mudar o semblante doce e meigo com minhas dores passadas, não posso sumir de seus pensamentos, mas vou dar um tempo, você precisa restabelecer-se, com outras memórias, não como eu, cheia de cicatrizes.
Deixe-me ir, me substitua, me esqueça, para seu próprio bem, diga adeus e até...

Aline Morena


Um comentário: