Blogger

Blogger
Morena - Autora

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

A falta vai além do ar...

Às vezes sinto falta do ar, às vezes falta de algo, falta de alguém, falta de uma emoção, falta de reflexo e falta de mim mesma.
O vazio preenche, a angústia enforca e a dor, essa, invade intensamente. É como se tivesse submerso em seu próprio pensamento, seja ele leve ou na maioria das vezes, pesado. Não há como descrever tal frustração de você mesmo habitar esse corpo emprestado, o qual traz tantas confusões, medo, inseguranças e incertezas ao mesmo tempo. Só, essa palavrinha tão pequena e com tão grande importância, SÓ queria que tudo isso acabasse, de uma vez por todas, sem rodeios e manifestos de infelicidade.
É tão assustador, saber que além da ansiedade que consome sua vida, há também aquelas pessoas tão vazias quanto você mesma ao seu redor, cheia de perguntas prontas direcionada ao ser depressivo todo momento, futilidade e bla bla. Ninguém quer realmente saber sobre sua história, se envolver em suas angústias nascida do nada, investir tempo ou sentimento a esse ser enlouquecido, que não gasta seu raciocínio com coisas produtivas, prefere tentar buscar respostas para suas próprias invenções e confusões do dia a dia.
Cansa dar conta de tudo, toda hora. Cansa dar conta de mim mesma todo o tempo. Cansa do próprio cansaço de se cansar de respirar.

By: Aline Otaviano

Nenhum comentário:

Postar um comentário