meus20epoucosanos

meus20epoucosanos
Otv. Aline

quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

Dor que dói

Há certos momentos na vida que eternizam, em meu caso geralmente os mais tristes é que sobressaem, desde as primeiras memórias, lá atrás... Longos 29 anos, não tenho pena de mim mesma por isso, ao contrário, por mais que não entendo o por que desse caminho todo que percorri para chegar aqui... agora, perdida e ao mesmo tempo com uma força que aquece as veias, cicatrizes profundas mescladas com sentimentos destroçados e memórias estilhaçadas, como se fossem vitrais de grandes templos, porém, monocromáticas.
Cada amanhecer, a gratidão faz-se presente, mas não justifica a ausência da dor... essa que não pede licença e nem se importa em quantas feridas serão causadas ao decorrer do tempo.
O ponteiro não espera, o sol ou a chuva não querem me acompanhar, seja com uma caneca de café ou com um fármaco s.o.s.
Os números vão decolando do calendário, isso diz, infelizmente, que a escuridão está próxima, e contigo, traz a solidão, a frieza e o vazio.

Por Aline Pereira